A importância da eletricidade para a indústria brasileira

A energia elétrica é um insumo essencial para o setor industrial. Nos últimos 20 anos, por uma série de razões estruturais e conjunturais, o custo dessa energia aumentou significativamente acima da inflação oficial. Em certos momentos, inclusive, o país sofreu racionamento com sérias implicações econômicas e sociais, que acabaram por afetar fortemente a produção industrial. Em outras ocasiões, o fantasma do desabastecimento elétrico rondou o país. A garantia da continuidade do fornecimento com qualidade é absolutamente essencial para as atividades industriais.

A força motriz para acionamento de máquinas responde por cerca de 2/3 do consumo de energia elétrica do setor industrial como um todo. Para alguns segmentos essa participação supera 90%. Estima-se que os motores de indução trifásicos de baixa e média tensão sejam responsáveis por mais de 85% do consumo da energia para fins motrizes. Por outro lado, o acionamento de máquinas fluidomecânicas (bombas, ventiladores e compressores) totalizam 60% do consumo motriz, tendo o motor de indução como o acionamento mais frequentemente utilizado. Portanto, motor de indução e máquinas fluidomecânicas têm um enorme peso no consumo industrial de energia elétrica.

Sistemas fluidomecânicos incluem motor e seus dispositivos de conexão à rede elétrica, acoplamento mecânico, máquina, tubulações e uso final do fluido em equipamentos e dispositivos. Toda essa cadeia trabalha em conjunto e as operações de todos os elementos são indissociáveis. O consumo de energia elétrica deve arcar com as sucessivas formas de perdas energéticas ao longo da cadeia. A eficiência dos motores de indução e de máquinas têm aumentado muito ao longo dos anos. Por exemplo, as perdas dos motores de indução foram reduzidas em 60% nos últimos 50 anos. Em que pese os esforços dos fabricantes de motores e máquinas, a melhoria do desempenho energético dos sistemas ainda exige muito esforço.

O maior esforço reside na formação multidisciplinar de recursos humanos para projeto, especificação e seleção de componentes, montagem, operação, manutenção e gestão de sistemas fluidomecânicos. Com esse propósito, a Editora Érica oferece um conjunto de obras sobre os fundamentos do tema destinado a estudantes de cursos técnicos de nível médio e superior. Também tem sido recorrente a sua aplicação em cursos de treinamentos de profissionais atuantes nessas atividades.

Uma trilogia do autor Guilherme Filippo Filho[1] apresenta os fundamentos sobre o tema envolvendo princípios de funcionamento, características operacionais, aplicações e ações de eficiência energética para os elementos de sistemas fluidomecânicos. São eles:

Bombas, Ventiladores e Compressores –  Indicado a estudantes dos cursos de engenharia e tecnologia nas áreas de mecânica, química, ambiental, civil e demais áreas correlatas

BAIXAR LIVRO

 

Motor de Indução – Este livro reúne os aspectos fundamentais do motor e os componentes de comando e proteção, como contatores, fusíveis, relés e conversores.

VER LIVRO

 

Comandos Elétricos – O livro explica a elaboração de sistemas de comando elétricos a partir dos componentes discretos, descrevendo características tecnológicas e circuitos elétricos típicos.


VER LIVRO

A esse conjunto de publicações acrescentamos Máquinas Térmicas Estáticas e Dinâmicas, 1° edição, 2014, da Série Eixos. Este título discorre sobre o uso final de fluidos nos sistemas fluidomecânicos.

Outro livro do autor será lançado em breve. Tratará sobre sistemas de gestão da energia, com ênfase nas recentes normas da família ISO 50.000.


[1] Guilherme Filippo Filho é engenheiro mecânico com mestrado em Engenharia (Máquinas de fluxo) e doutorado em Conservação de energia. Foi professor do Colégio Técnico Industrial, do Departamento de Energia, Professor e Chefe do Departamento de Engenharia Elétrica, Vice-diretor e Diretor Geral do Câmpus, na Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá, UNESP. Foi membro do Conselho Deliberativo do Centro Paula Souza.

8 comentários para “A importância da eletricidade para a indústria brasileira”

    1. Obrigado, Paula. Sugira outros temas que sejam interessantes pra você. Quem sabe não vira um post ou um novo artigo para o nosso blog?
      Abs.
      Equipe Canal Técnico

    2. Obrigado, Paula. Sugira outros temas que sejam interessantes pra você. Quem não vira um post ou um novo artigo para o nosso blog?
      Abs.
      Equipe Canal Técnico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *