4 dicas preciosas para captar e reter alunos

Não há dúvidas de que hoje um dos grandes desafios de qualquer instituição de ensino é captar e reter alunos, seja por meio de parcerias ou campanhas de matrículas a cada início de semestre.

Essa tarefa tem sido cada vez mais complicada e isso se deve tanto pelo cenário macroeconômico de crise, com muitas pessoas desempregadas ou com alguma restrição financeira mais grave, quanto pela concorrência ainda mais acirrada — , seja em razão do maior número de escolas ou pela oferta de valores mensais abaixo dos praticados pela maior parte do mercado.

Soma-se a isso o fato de que falta conhecimento para muitos gestores, o que por si só torna o desafio ainda maior.

“Quando falamos em captação de alunos ou ‘período de matrículas’, é normal pensarmos primeiro em alunos novos. Mas, na realidade, essa captação começa logo no primeiro dia de aula, com o empenho em reter os alunos que já estão na escola, além de trazer novos estudantes”, diz Manuela Altoé, responsável pelo setor de marketing e captação das escolas próprias da SOMOS Educação.

Para vencer o desafio, a especialista revela ser fundamental conhecer não só o que se faz, mas também o que a concorrência tem feito.

Buscar constantemente a opinião dos alunos é outra ferramenta importantíssima no trabalho de retenção.

“A base da estratégia para reter alunos está nessa identificação e melhoria da satisfação. Nesse processo, ajuda muito fazer pesquisas e planos de ação que contemplam questões estruturais, de oferta de serviços e de equipe. A partir do momento em que se entende os principais pontos críticos na opinião dos alunos, é importante comunicar tanto as melhorias que estão sendo ou que já foram feitas tendo como base essas opiniões”, argumenta.

4 dicas de captação e retenção de alunos

Para ajudar gestores escolares nessa grande missão de captar e reter alunos, a responsável pelo setor de marketing e captação das escolas próprias da Somos Educação deixa algumas dicas valiosíssimas:

1. Invista no treinamento do seu time de captação

É importante ser fluente sobre a oferta pedagógica da escola, sobre os sistemas utilizados nesse processo de captação e não cometer erros de língua portuguesa escrita ou oral. Enfim, prepare todas as equipes para que elas representem bem a sua escola;

2. Tenha um bom sistema de cadastro de visitas e acompanhamento de atendimentos

No mercado, há diversas ferramentas que permitem entender o fluxo de visitas, a conversão e a curva de captação no tempo. Essas informações ajudam a tomar decisões importantes e seguir um próximo ciclo com dados ainda mais detalhados;

3. Faça um material sobre a sua escola com informações claras

Isso pode ser feito desde uma campanha de matrículas, no site e até em materiais de apoio. É importante que essas peças tenham uma identidade visual que representem verdadeiramente a sua instituição de ensino;

4. Acompanhe o processo de captação diariamente

Dessa forma, terá uma boa ideia de como anda o ciclo e terá tempo de tomar eventuais providências.

 

Fonte: Blog Rede de Experiências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *